segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Que no Natal a eterna criança em nós, reviva a esperança do Reino de Deus!

Foto: http://gomaearte.arteblog.com.br/29128/Presepio-Artesanal/

Com o nascimento de Jesus, Deus se encarna e se humaniza. O Deus-Conosco, vem e surge como uma criança.


Que nesta Festa, sejamos sensíveis a experiência de Deus como Pai com características de mãe, o amor incondicional, a misericórdia e a entrega radical a promoção do Reino de Deus, sejam o nosso sonho, projeto de mundo e de vida...



Que todos nós possamos olhar com os olhos do coração e a esperança não pereça, pois, precisamos dela nesse mundo tão racional, frio, consumista, individualista, materialista; onde milhões passam fome, sem casa, emprego, vidas dignas...

Que a Estrela de Belém nos mostre o caminho e nos faça (re) encontrar com o Emanuel e com a criança que mora dentro de nós...

"Ele é a eterna criança, o Deus que faltava. Ele é o divino que sorri e que brinca. É a criança tão humana que é divina”.

É com essa frase do poeta português Fernando Pessoa, que finalizo meu desejo natalino a todos.

Paz e Bem!

Mário Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário